sexta-feira, 12 de maio de 2017

Nota de Repúdio à Torcida do Sport Clube Internacional. Que fique Registrada. COMPARTILHE


Sofá Di Pobre entende e aceita atitudes inspiradas em Paixões Clubisticas.
Aceita brincadeiras e troca de farpas entre torcedores adversários.
Todos os Colaboradores do Blog, inclusive eu, defendem seus Clubes do Coração e participam da "brincadeiras provocativas".
Determinados excessos possíveis de serem relevados. Inaceitável é a mentira, a distorção de fatos ou agressão ao bom senso.


Acreditamos ser de bom tom, até pra evitar cair no ridículo, que Torcida Colorada revesse certos "Mantras", incansavelmente repetidos e totalmente irreais.


Em Tempo:
Generalização, mãe de todas as injustiças.  Reconhecemos não se tratar de 100% da Torcida, lastimando fato de ser uma esmagadora maioria.


SE OUTORGAM DIREITO DE OFENDER E SE OFENDER COM RÉPLICAS:

Agridem costantemente rivais com termos homofóbicos do nível de "Gaymista", com a clara intenção de ofender, ao mesmo tempo que rotulam a camisa Tricolor de Pijama.
Passaram última década pousando de Univitelinos do Real Madri, imbatíveis e "incaiveis", não economizando em termos depreciativos ao rival.
Hoje comparados ao Ibis se sentem ultrajados e acusam Tricolores de ignorantes.
Quem bate esquece. É a Lei da ação e reação posta em prática.
Fica a lição :
Se orelhinha não suporta ouvir,  segure a língua dentro da boca.
Inter é Grande com certeza, mas não o maior.
Hoje está na "B" e Grêmio na Libertadores.
Amanhã muda. É ciclico.
Tentam minimizar abismo atual, com argumento de Grêmio ter dois rebaixamentos.
Inusitado, considerando que meses atrás tripudiavam grêmistas, ironizando por viverem de passado.
Humildade não faz mal a ninguém.


ACUSAM GRÊMIO DE VOLTAR À PRIMEIRA DIVISÃO, VIA TAPETÃO.

Típica atitude de quem compra boato como verdade e passa a repeti-lo por conveniência, até acreditar na bobagem falada.
Em 1991 Lei Pelé deu direito de voto a clubes, na escolha de Cartolas na CBF.
Na ânsia de conquistar eleitores, Dirigentes da época decidiram criar novas vagas na Primeira Divisão Nacional, definindo acesso de 14 equipes em 1992.
Novo regulamento aprovado com Brasileirão de 1991 em andamento, sendo impossível prever quem cairia.
Grêmio foi rebaixado.
Em 1992 disputou a primeira fase da Segundona, se classificando pra mata mata em nono lugar, conquistando direito de seguir na luta pelo Título.
Competição deficitária.  Colocação conquistada já garantia promoção e Clube abriu mão de prosseguir.
América MG se sagrou Campeão.
Não há como negar que bagunça no futebol da época beneficiou 14 equipes, entre elas o Grêmio; mas daí a afirmar ter sido Virada de Mesa em favor do Tricolor, é de um ridículo sem precedentes.
Cabe ao Colorado consciente não repetir tal asneira e ao Gremista, quando se deparar com essa idiotice, desmentir e fazer prevalecer a verdade.


GRÊMIO NÃO TEM ESTÁDIO.  É SEM TETO.
Grêmio entrou numa grande negociação. Construir ARENA, considerada uma das mais modernas do Futebol Mundial, dando Olímpico como parte de pagamento, financiando restante, a ser pago em 20 anos.
Se foi ou não bom negócio,  discussão interminável,  entre favoráveis e contras.
De concreto o fato de o Grêmio estar cumprindo rigorosamente o previsto em contrato.
Qualquer ser pensante sabe. Ao financiar imóvel, pessa física ou juriica, se torna proprietária, não inquilina. Enquanto cumprir o combinado, não há Lei que lhe negue a propriedade.
Entre as besteiras ditas por alguns Colorados, essa se traduz como a mais perfeita demonstração, de se deixar dominar por fanatismos, a pontos de negar regras básicas do convívio social.


GRÊMIO NÃO É CAMPEÃO MUNDIAL, POR VENCER JOGO CONTRA UM TAL DE HAMBURGO.

Por estar evidente falta de conhecimento, recapitulemos os fatos.

Disputa do Título Mundial era deficitário, FIFA perdeu interesse e vendeu direitos do Evento ao Japão, País interessado em divulgar o futebol entre seus Cidadãos.
Japão recebeu status de organizador de uma Competição Oficial FIFA.
Título passou a ser disputado num único jogo, entre Campeões da América e da Europa.
Disputa oficializada pela Entidade máxima do Futebol Mundial, que enviava Representantes, pra participar da premiação e entregava Taça com seu Logo gravado.


Na Temporada 82/83, Hamburgo, Clube grande da Alemanha, único até hoje a não ser rebaixado no Nacional do seu País (time grande não cai), após se sagrar Campeão do Campeonato Alemão da Temporada anterior, ganhou o direito de disputar a Copa dos Campeões da Europa.
Apos Campanha vitoruosa, chegou à Fina.
Em decisão diante de 75 mil expectadores, no Estádio Olímpico de Atenas, Hamburgo venceu por 1x0 a Poderosa Juventus da Itália, enfrentando jogadores do nível de Paolo Rossi, geração que derrotara a Seleção de Tele, Zico, Falcão, Socrates, Junior & Cia, apontada como a melhor de todos os tempos, na Copa da Espanha.
Com o título alemães conquistaram direito de disputar título mundial no Japão, contra o Campeão da América; um tal Grêmio Foot Ball Porto Alegrense.
Perdeu de 2X1, numa atuação histórica de um jovem ponta direita,  também conhecido como Renato Portaluppi.

A eficiência Nippon mostrou a FIFA que Mundial, quando bem organizado, dava muito dinheiro e os Velhos corruptos tiraram o direito do Japão.
No início do Século XXI, FIFA organizou Torneio de Verão conquistado pelo Corinthians.
Ao não declarar os Paulista Campeões Mundiais enfrentou pressão e teve de oficializar conquista, ignorando que nem Libertadores eles haviam vencido.
Anos se passaram pra surgirem doentes afirmando que o Santos de Pelé, Real de Di Stefanno, Bayer de Beckembauer, Flamengo de Zico, Ajax de Van Basten e São Paulo de Rai, entre outros, não são Campeões do Mundo e o título do Grêmio nada vale.
Ridículo demais. Melhor ignorar.


Grêmio não é Campeão do Mundo, mas eles se acham Campeões de Tudo, por comprar a mais boba Campanha de Marketing da história da bola.
Argumento.
Ganharam tudo que disputaram.
Cômico, não fosse trágico.
Municipal FC, equipe amadora de Montenegro, disputou apenas o Campeonato da Cidade e foi Campeão algumas vezes.
Posso concluir ser o Municipal FC também Campeão de Tudo.
Ou não?
Sem esquecer detalhe.
Disputou Capa Sul e Copa da Liga, não lembro de terem dado volta olímpica.
Morcego (***), Colorado de Coração, se confessa preocupado com ritmo de férias no Beira Rio e está repleto de razão.
Chegou o momento do Colorado sair desse Sonho de Superioridade e encarar choque de realidade.

- Dívida astronômica só faz aumentar.
- Número de Sócios despeno, após rebaixamento e aumentou no fim do Gaúcho.
- Puxões de orelhas dos Deuses do Futebol, parecem não terem surtido efeito.
- Diretoria, time e torcida continuam de nariz em pé.  Levam Série B de barbada, igual fizeram com possibilidade de rebaixamento em 2016 e Novo Hamburgo.

A CONTINUAR ESSA MENTALIDADE, INTERNACIONAL NÃO SOBE EM 2016.

VOU ALI VOMITAR E JÁ VOLTO
Coisas de um País que virou uma coisa.
E Assim o Mundo Gira e o Inter se Afunda


Morcego (***) - Assim chamamos nossas Fontes, garantindo-lhes preservar identidades.


Obrigado por prestigiar nosso Trabalho.
Ajude-nos a continuar.
Torne-se um Seguidor do Sofá.
Ao acessar clique nas postagens dos nossos Patrocinadores.
A cada clicada incentivará quem nos apóia e pagará seu ingresso, sem nada desembolsar.

Romario Oliveira



Nenhum comentário:

Postar um comentário